Contra o eco-capitalismo

O objetivo desse livreto é fazer uma crítica à tendência capitalista de assimilar o discurso ecológico e torná-lo parte de uma nova forma de capital, expandindo assim os mecanismos de controle da sociedade capitalista. Publicado originalmente em 2016, essa versão foi revisada em 2023.

Continue reading
Posted in Originais | Tagged , , | Leave a comment

Anarquia é o oposto de governo

Este ensaio busca demonstrar que a crítica liberal à interferência do estado na economia é incompatível com a crítica anarquista ao estado.

Continue reading
Posted in Textos | Tagged , , | Leave a comment

Sobre a violência na civilização

A civilização é contra a violência? A violência é contra a civilização? Afinal, o que é violência?

Continue reading
Posted in Textos | Tagged , , , | Leave a comment

De volta ao básico

Baseado no texto Back to Basics que foi publicado na Revista Green Anarchy número 14, em 2013. É uma introdução às questões básicas da crítica à civilização.

Continue reading
Posted in Originais | Tagged , | Leave a comment

A sociedade contra o Estado

Este artigo foi escrito em 1974 pelo antropólogo francês Pierre Clastres. Foi traduzido por Theo Santiago e digitalizado pelo coletivo Sabotagem em 2004. Esta versão foi revisada em 2021 por Contraciv. Trata-se de uma importante contribuição para a antropologia política sobre concepção de “sociedades sem Estado”.

Continue reading
Posted in Traduções | Tagged , , , | Leave a comment

Reformismo e radicalização

Uma resposta sobre a crítica anarquista à política eleitoral. Escrito como parte de uma discussão com alguns companheiros de luta. Revisão: Luiz De Oliveira.

Continue reading

Posted in Textos | Tagged , | 1 Comment

A sociedade afluente original

Este texto do antropólogo Marshall Sahlins foi originalmente publicado no livro Stone Age Economics em 1972. É um texto central para a crítica à civilização pois rebate a ideia de que os modos de vida originários são marcados pela “escassez”. A versão reproduzida aqui está no livro Cultura na prática, de 2004.

Continue reading
Posted in Traduções | Tagged , , | Leave a comment

As sociedades forrageadoras tinham mais tempo livre?

Crédito da imagem: Brian Jackson / Alamy Stock Photo

Pesquisadores debatem se a adoção da agricultura foi feita em detrimento do tempo de lazer. Um novo estudo em dez acampamentos de caçadores-coletores contemporâneos da etnia Agta, na verdade, descobriu que os indivíduos que se envolvem mais em atividades não forrageadoras têm menos tempo de lazer. Os resultados destacam a necessidade de considerar os custos evolutivos da transição para a agricultura.

Continue reading

Posted in Textos | Tagged , | Leave a comment

Óbito e Progresso

Sobre extrativismo, doença e gestão da morte no Brasil. Texto de Mauro Zag. Imagem: “Xawara”, desenho de Davi Kopenawa.

Continue reading

Posted in Textos | Tagged , , , , | 2 Comments

Para aprender a cair no abismo

Uma introdução às ideias de Ailton Krenak e sua relação com a crítica anarquista à civilização. Autor: Mauro Zag.

Continue reading
Posted in Originais | Tagged , , | Comments Off on Para aprender a cair no abismo