2 responses to “Óbito e Progresso”

  1. Bom texto, queria saber dentro dessa visão crítica à civilização , quais seriam os caminhos, além do isolamento, para lidar com pandemias, visto que vacinas são resultado da própria civilização e demandam para o desenvolvimento delas estes mesmo causadores de doenças como a extração de minérios, o desenvolvimento da ciência, etc. Num cenário hipotético ideal é que as doenças não surgissem, mas e depois de surgidas?

Leave a Reply